Uma lembrança

No carro ia uma senhora conhecida.
Sabia disso apesar de estar na frente, separados.
Íamos em silêncio, o carro também,
Atrás de respostas; conhecidas.
Ela seguia continuamente calada.

Empurrada sobre estreita cama baixa de rodas
Não reclamava,ia apenas,obediente.
Uma senhora séria,severa,calada.
Queria respostas não encontradas;traída.
Sempre deitada,como que treinando.
Entrou espontaneamente contida
No deus humano metalizado.

Queria resposta esquivada.
Ficou lá imóvel,enterrada na máquina artificialmente
viva.
Eu,ao lado, assistia ao ensaio.
Voltamos em silêncio, de novo, todos.
O carro fazia curvas,subia,descia.
E já não havia nenhuma novidade.

As árvores presas ao presente,os pássaros sem rumo,
o gado deitado, os cavalos magros
os cães sempre vadios e os gatos dissimulados.
E as pessoas, todo dia novas e estranhas,
percorriam aquele mesmo trajeto.
Ignoravam a senhora que foi e voltava
encistada no mesmo corpo inerme.
Ignoravam seu nome,sua existência e seu fim.

No segundo dia do retorno
como estalo da memória, revelou
o que entendeu da mensagem do deus humano metalizado.
Repetiu o que ouviu, claro e irrevogável:
" ra  ra  ra ra ra ra... 
  trum trum trum trum...
  ziimmm ziimmm ziimmm.
  tá zoin tá zowwwin tá zoin... brump."

Eu ri, achando divertido. Muitos riram. Ela continuava espirituosa.

Ela repetia ansiosa para que entendêssemos.
Não entendíamos, ou fingíamos.
Ela só queria comunicar, e recusamos ouvir
Que o deus humano metalizado sentenciou:
Seu fim chegara.

Ela queria escapar e pedia ajuda.
Nós ríamos. Ela continuava espirituosa.


	

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s