Receita

O leão inovador mal tinha acabado de matar.
Sua caça ainda arfava e seduzida pela caçada
                se entregava, olhos gozosos  
                enquanto o rei descansava.

O elegante leão, surpreendentemente, pausa tudo.
Revisa o tempero e o tempo. Os filhotes famintos deliram.
Em cuidadosa aula ensina:
Caça fresca de bom aspecto e bem escolhida; dá-lhe algumas patadas.
Está gloriosa e realizada. Apenas proteína, nenhuma história.

O leão,caçador afamado, meio galã e  ator canalha
Olha para a plateia com olhos quase humanos.
Concorrentes conhecidos e chegados estão admirados.
O carnívoro irracional descansa sua arma sobre a forma vazia.

Os veganos não concordam.
São frágeis e alternativos e
recusam-se a serem como doadores de vida, que são.
Ameaçam dar as costas, mas, sem forças, assistem.
          Os verdes colhidos não têm opinião.

                   O Leão

descreve sua receita sobre morte crua e sua luta involuntária
                                    e repetida, ânsia de vida.
A caça, salpicada de moscas famintas como temperos,
empanada no pó de seus antepassados e no suor de sua luta perdida
aguarda da fome, a boca enorme e a transubstanciação amarga.
                  No último dia, último de todos, o gosto amargo
                                              do próprio sangue.

Em câmera lenta, o mestre relembra cada detalhe:
sua superioridade em dissimular o ataque,
a troca de olhares, sua determinação e revela
de que modo será a caça levada ao santuário escondido:
boca grande, dentes fortes, paciência; a garganta se abre:
terra podre, terra sagrada onde a vida é sugada.

Com um urro marcante e bafo desencantado
expõe a intimidade do que conhece como dor, por ver, nas caças:
apenas teatro, superficial; um clássico de fim de noite.
Não há segredo que resista aos dentes agudos, nem tempo para confessor.
Nem mesmo há tempo. E o tempo não interessa mais. Nada mais interessa.

No saque, conclui o sacador, a carne preenche a vida. E só!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s